segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Esclerose Múltipla

Dia 30 de Agosto foi realizada uma campanha nacional para a conscientização da Esclerose Múltipla (EM).
Através de um folheto explicativo, o Programa de Atendimento ao Paciente informava as principais características da doença, que muitas vezes é desconhecida da população, o que dificulta a procura pelo tratamento. Visando atingir aqueles que buscam mais informações sobre a EM, colocarei abaixo as principais informações.
Sendo a causa mais comum de incapacidade neurológica em adultos jovens (20 a 40 anos), a doença caracteriza-se pela inflamação e destruição da mielina, que é uma substância que ajuda na condução de impulsos nervosos para o cérebro e para o corpo. A precocidade do diagnóstico e o início do tratamento específico são fundamentais para a melhor evolução do paciente, por isso, é preciso estar alerta aos sintomas:
  • perda de força nas pernas e braços
  • perda de visão, parcial ou total
  • falta de coordenação
  • formigamentos
  • incontinência e/ou retenção fecal e urinária
  • vertigens
  • perda de audição
  • dores faciais, nos braços, pernas e tronco
  • impotência sexual
Os sintomas variam de pessoa para pessoa e dependem da área afetada.
A causa da EM é desconhecida, afetando o cérebro e a medula espinhal.
Não é contagiosa, sendo uma doença auto-imune, ou seja, o sistema imunológico passa a atacar os neurônios (células do sistema nervoso) como se eles fossem uma ameaça externa (vírus, bactéria, etc).

Esclerose Múltipla tem tratamento. Procure um neurologista.
Informe-se: 0800 11 3320
fonte: PAP - Programa de Atendimento ao Paciente

Perguntas sobre Esclerose Múltipla:
http://www.papmerckserono.com.br/Site/html/esclerose_perguntas.htm


3 comentários:

lailols disse...

Bom, por enquanto estou fora desses sintomas. Eu sei o que é essa doença, a pessoa vira um vegetal. O mais famoso Tarzan nas telas, Johnny Weissmuller, campeão olímpico de natação em 1924 e 1928, morreu esclerosado em 1984.

Bárbara Stracke disse...

ah...minha bisa teve isso... junto com um monte de coisas.

claro... com a falta de informação da época, quem cuidava achava frescura as dores na própria pele.
Depois foi o remorso... mas fazer o q?

Nossa saúde é muito mal gerenciada e a faltaa de informação é predominante.

Parabéns por um post assim!

Prevenção, sempre!

ps... se vacinou contra rubéola? eu já e recomendo!

bjz

Nuala_die_Fee disse...

20 a 40 anos de idade?????

estou me sentindo muito ignorante... eu sempre achei que EM fosse uma doença típica de pessoas bem mais velhas...

como vc tá? - eu tou com insônia, são 3 da manhã e tou visitando todos os blogs e flogs dos amigos...

*sigh* acho que eu deveria ter insônia mais vezes! :-P