terça-feira, 2 de outubro de 2007

Paródia de Whisky a Go-Go

Ontem eu falei sobre paródia, o que me lembrou uma que eu fiz com minhas amigas no 1º ano do colegial. Foi com a música Whisky a Go-Go, do Roupa Nova. Me lembro até da coreografia...
Então, pense na melodia e acompanhe a letra:

Quando eu li me nome no jornal,
eu não sabia o que ia acontecer.
Ir pro Cotuca era animal,
Virar um bixo e o cabelo perder.
Sentir na pele aquela tesourinha
e a canetinha a me rabiscar,
fazer pedágio debaixo do sol
e as brincadeiras que eram de humilhar.
Aí vieram as provas,
o dia inteiro era estudar.
Depois vieram as notas,
eu quase quis me suicidar!

Refrão:
Eu me matei de tanto estudar,
não via a hora da prova acabar.
Eu me ferrei,
não sei onde isso vai dar!

Primeiro ano é muito difícil,
segundo ano é uma missão,
terceiro ano é quase impossível,
pra eu me formar vai ser um problemão.
Acordar cedo, que vida terrível,
fazer estágio, ir de lotação.
Você se mata a manhã inteira
e no Cotuca só se tem ração.
Até a formatura,
ainda vai ter muito chão.
E ainda ter que aguentar
aquele chato do Nirdão!

Refrão: (duas vezes)
Eu me matei de tanto estudar,
não via a hora da prova acabar.
Eu me ferrei,
não sei onde isso vai dar!

Um comentário:

lady_lud disse...

Ah... COTUCA...
Quantas lembranças!!!